Gestão

Acreditação hospitalar: a importância na área de saúde

Por Robô Laura - 30 de maio de 2021

Toda empresa está em busca de melhorias e otimizações. Esta é a receita básica para crescer. Na área de saúde, não é diferente, as organizações do setor sempre perseguem – ou deveriam perseguir – o máximo aprimoramento. Para encurtar ou guiar esse caminho, um dos métodos é a acreditação hospitalar.

A metodologia é muito usual para gestores de hospitais atentos à inovação e habituados a buscar o melhor para a instituição e os pacientes.

O que é uma acreditação hospitalar?

A acreditação hospitalar é um sistema de avaliação e certificação capaz de atestar a qualidade dos serviços prestados nas instituições de saúde. E por trás disso, estão alguns objetivos, por exemplo, checar a tratamento das medidas padrão para otimizar a segurança e a qualidade no trabalho. 

Em consequência, os novos procedimentos tendem a estimular uma série de melhorias nos processos da instituição de saúde. Para tanto, elas aderem a padrões e metas brasileiras e estrangeiras, que conferem segurança ao paciente e benefícios à clínica.

Níveis de acreditação hospitalar 

Existem diferentes formas de obter a acreditação hospitalar . No Brasil, entretanto, a mais comum é uma Organização Nacional de Acreditação (ONA), buscada por cerca de 1/3 das instituições de saúde no país. Mas, além da ONA, outras acreditações podem ser buscadas. São elas:

  • Joint Commission International;
  • Acreditação Internacional Integrada para Organizações de Saúde (NIAHO);
  • Accreditation Canada;
  • Sociedade de Sistemas de Informação e Gestão de Saúde (HIMSS);
  • Programa de acreditação Amil.

No Brasil, a mais utilizada é a acreditação ONA, que possui três níveis. Veja:  

Nível 1: acreditado

Tem foco na segurança do paciente. Neste primeiro nível, é fundamental que a estrutura física seja o melhor possível para a realização das tarefas na clínica ou hospital. Também é importante contar com funcionários aptos a cada função.

Nível 2: acreditado pleno

Aqui, deve-se analisar se o processo de assistência médica fornece bom desempenho, com base em uma gestão integrada. O nível de ações de treinamento, auditoria interna e prática que situam as decisões mais importantes.

Nível 3: acreditado com excelência

O último nível é uma espécie de avaliação da compreensão e uso das informações básicas nos primeiros níveis. Também são exigidas provas do uso da tecnologia da informação auxiliando na segurança do paciente.

Quais são os benefícios?

Melhora a administração

Os ajustes decorrentes da busca pela acreditação hospitalar fazem a organização de saúde se manter atualizada. O resultado disso é um hospital mais preparado e capaz de atingir os resultados mais dotados.

Aprimora procedimentos

O sistema também ajuda a criar uma logística das informações no decorrer dos processos internos da instituição. Com isso, é possível uma análise crítica de tudo que foi documentado e o gestor pode visualizar as possibilidades de melhoria com a acreditação hospitalar .

Aumenta a confiança dos pacientes

A acreditação também gera benefícios no caso dos pacientes. Entre os principais, o aumento da confiança nos serviços do hospital e mais satisfação nos tratamentos e procedimentos médicos, afinal, a instituição será otimizada de ponta a ponta.

Integra os setores

Uma instituição de saúde que busca uma acreditação hospitalar começa a ter foco em qualidade em todos os setores. Ou seja, uma cultura passa a ser integrada, categorias boas práticas nos internos e de atendimento do paciente.

Valoriza o colaborador

Os colaboradores também se beneficiam, pois podem desenvolver mais, seja de forma individual ou coletiva. Para além disso, a acreditação hospitalar agrega no currículo dos funcionários, pois quem trabalha em um local com certificação, absorve conhecimento e práticas que zelam pela excelência.

Reduz o risco de eventos adversos

A otimização dos serviços hospitalares gerados pela acreditação hospitalar também acaba o risco de eventos adversos. Os colaboradores passam a ter mais qualidade de vida no ambiente de trabalho, o que também reflete em mais produtividade.

Conheça Laura Inteligência Clínica

A Laura Inteligência Clínica é uma tecnologia que ajuda instituições da saúde a evitar danos e reduzir custos por meio de análises preditivas. 

A Inteligência Artificial do sistema auxilia a equipe médica e assistencial a identificar pacientes em trajetória de deterioração clínica, possibilitando a intervenção antecipada para iniciar com mais tempo a gestão de cuidados, otimizando resultados financeiros e financeiros.

 


Materiais premium

Conteúdos mais lidos